Transição Socialista

cut

18.09.2016 - Editoriais

Todos à luta dia 29!

Por iniciativa dos companheiros da CSP-Conlutas, tendo à sua frente o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região/SP, foi articulado com importantes sindicatos metalúrgicos de todo o país um novo dia de paralisação da classe operária: 29 de setembro. Trata-se de um dia de luta contra as medidas que o governo Temer pretende implementar, sobretudo as reformas da previdência e trabalhista.

01.09.2016 - Panfletos

Fora Dilma! Temer é o próximo!

A primeira peça do dominó burguês cairá – vai tarde, Dilma! Quem assume no lugar não é menos pior, mas afinal é preciso iniciar o processo por alguém. Que seja por Dilma! Iniciar um movimento que se voltará contra todos os burgueses e aproveitadores do povo. Agora é hora de garantir com todas as forças a queda da Dilma, mas já é possível atacar o próximo burguês de plantão e dizer em alto e bom som: “Temer, você é o próximo a cair!”

08.08.2016 - Editoriais

Dia 16: Frente Única contra o capital!

No próximo dia 16/08 ocorrerão paralisações e atos de trabalhadores de empresas privadas e públicas em diversos locais do Brasil. Trata-se de um dia nacional de luta contra as reformas trabalhista e previdenciária.

30.04.2016 - Editoriais

A esquerda diante do governo Temer

À luta, camaradas! Não temer o futuro! Organizar a classe operária com o programa transitório internacionalista!

04.04.2016 - Produções teóricas

A crise no Brasil: o fim de um ciclo histórico da dominação burguesa

O texto que ora publicamos, do professor Dr. Hector Benoit, é uma análise de fundo sobre a atual conjuntura. A análise foi produzida em 2006. Apesar de ter já 10 anos, a análise é clarividente e plenamente atual. É com base nela que o MNN, ainda hoje, formula suas políticas de atuação na atual conjuntura de crise do governo petista. Ao final deste texto contamos ainda com um “apêndice” produzido pelo professor Benoit para esta publicação.

30.03.2016 - Editoriais

Fora Dilma! Temer é o próximo!

Neste momento só um milagre salva o governo Dilma. Quadros importantes do PT (no parlamento ou fora) já jogaram a toalha. Grande parte dos movimentos sociais jogou a toalha.

28.03.2016 - Editoriais

Ouvir a classe operária: fora Dilma e prisão ao Lula!

A verdade está mais uma vez com a classe operária. Esta semana ela desmontou uma farsa montada pelos pelegos sindicais da CUT no ABC, e, para não deixar dúvidas, apontou novamente o caminho para a esquerda socialista nesta conjuntura.