Transição Socialista

pt

26.10.2015 - Editoriais

Lulismo e “Fora Dilma”

A despeito das análises que tomam o “lulismo” como consumado, esse fenômeno ainda não surgiu propriamente. Os elementos para que surja, é verdade, existem. Na tradição latinoamericana, em geral, aplica-se o -ismo a governos que negam a institucionalidade democrático-burguesa. São governos de caudilhos, mais ou menos arbitrários, autoritários e autocráticos. Fala-se, por exemplo, de “populismo” e lembra-se, em geral, do varguismo e do peronismo (para ficarmos nos casos mais conhecidos no nosso continente).

04.08.2015 - Editoriais

Como derrotar Dilma e o PT?

A combinação da crise das instituições burguesas com a crise econômica tem colocado os governos dos mais diversos partidos e o Congresso Nacional numa situação limite. Além do profundo desgaste provocado pelos escândalos de corrupção, os governos e o Congresso têm sido obrigados a desvelar seu caráter de classe, ao atacar os direitos dos trabalhadores em nome da continuidade do pagamento da dívida pública aos credores capitalistas.

29.07.2015 - Editoriais

PT e PSDB juntos outra vez

Durante esta semana, em meio ao aprofundamento das denúncias da Operação Lava-jato, foi noticiado que setores do PT estariam dispostos a iniciar um diálogo com o PSDB.

30.06.2015 - Editoriais

PPE de Dilma: defesa do emprego ou do lucro dos patrões?

O governo Dilma prepara o lançamento do PPE, o chamado Plano de Proteção ao Emprego, que prevê a diminuição de 30% da jornada de trabalho com igual diminuição dos salários. Isso significa dividir as nefastas consequências da crise econômica entre todos os trabalhadores empregados, livrando, assim, os capitalistas.

25.06.2015 - Conjuntura Panfletos

Fora Dilma!

Hoje a forma mais eficaz de barrarmos os ataques do governo é dizendo em alto e bom som “Fora Dilma”.

18.06.2015 - Editoriais

A “carta” lulista do V congresso do PT

O V Congresso do Partido dos Trabalhadores foi absolutamente bem sucedido na finalidade para o qual foi realmente marcado: aprovou a proposta pela formação de uma coalizão ampla, uma frente de “esquerda” que dê base ao Lula-2018. Esse é o núcleo da chamada “Carta de Salvador”, aprovada. É sobre essa proposta de “Frente Ampla” que falaremos aqui.

05.03.2015 - Conjuntura Panfletos

Fora Dilma e todos os corruptos!

Demissões assolam a classe trabalhadora, enquanto cada novo capítulo do “petrolão” causa vergonha e indignação em todo o país. Quem é o principal culpado por esse estado de coisas? Dilma e o PT. O PT e a Dilma são os lideres dos corruptos.

01.10.2014 - Cartazes

Dilma = Aécio

Dilma e Aécio atenderão as mega-empresas que lhes financiaram. O povo será sua última prioridade (se é que será).
Não há opção para o trabalhador neste 2o turno. É como escolher o molho com o qual será devorado, ou o melhor carrasco.
Saia dessa lógica! Não fica entre o erro e o engano. Não se comprometa com os aproveitadores do povo. Não compactue. Não suje suas mãos com a lama deles. Vote nulo! (…)

16.09.2013 - Editoriais

O (pseudo) legado de Gushiken

A trajetória política de Gushiken não pode servir de guia para as gerações futuras. A atual geração, que organizou manifestações de massa há muito esquecidas, saberá, sem dúvida, escolher seus ídolos. Entre eles não estarão, certamente, Gushiken e seus companheiros.

30.03.2009 - Editoriais Produções teóricas Revista Maisvalia

Gramsci e o programa revolucionário de Marx

A importância de Antonio Gramsci no interior do marxismo pode ser constatada pelo fato de sua obra ter servido de base para a criação de correntes políticas em diversos países. Os gramscianos disputam a hegemonia de vários partidos no mundo todo. No Brasil, particularmente, a obra de Gramsci passou a ter uma influência crescente nos setores de esquerda a partir da criação do Partido dos Trabalhadores, no início da década de 1980. Nesse sentido, a importância do PT na política nacional justifica, mais do que nunca, o estudo da obra de Gramsci. Só assim pode-se compreender a trajetória do PT, assim como as posições de algumas correntes internas e de intelectuais ligados ao partido.